quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Novos Computadores para a Escola IZAM

 
O NTE Ananindeua através do programa “NTE vai à Escola” esta fazendo a assessoria para a utilização pedagógica das Tecnologias de Informação e Comunicação – TIC. Salientamos a importância do trabalho conjunto – Direção, USE e NTE – para o êxito destas ações.
O destaque desta semana é a EEEFM Isabel Amazonas que recebeu no dia de ontem, 10/10, computadores – 10 no total - para a revitalização da sala de informática. Escola situada no bairro do Distrito Industrial, no município de Ananindeua-PA agora está equipada para atender cerca de 25 alunos por turma.

Como parte desta revitalização, o NTE e a Direção da escola estarão iniciando um processo de formação para para professores, corpo técnico e alunos.

Aproveitamos esta postagem para dar as boas vindas ao novo técnico da USE 14, Germano e a nossa professora Formadora Célia França, que está retornando de Mestrado, e já assumiu a assessoria às escolas da USE 14 em ssubstituição ao professor formador Denis que agora estará empenhado em desenvolver a plataforma Moodle do Nte Ananin e as formações do Rádio Escola.

CURSO: GÊNERO E DIVERSIDADE

Inscrições Abertas Curso de Aperfeiçoamento Gênero e Diversidade na Escola
Local: Anexo do Prédio do IFCH, sala 06 (entrada pelo 2° portão, próximo ao ginásio).
Período de inscrição: até o dia 17 de outubro de 2012
Carga horária: 200h
Modalidade à Distância: 170h à distância e 30h presenciais
Horário: O cursista deverá se comprometer em acessar a plataforma online do curso e realizar as atividades dentro do prazo.
Documentação exigida: Currículo, cópia do diploma de graduação, cópia de comprovante de residência, cópias de RG e CPF, cópia de comprovante de Vínculo Institucional.
Fonte: www.portal.ufpa.br
Post: TC
Imagem: Web



NÃO USE PIRATA USE SOFT LIVRE

GIMP – SOFT LIVRE PARA

EDITORAÇÃO E TRATAMENTO DE IMGENS.

O GIMP foi um dos pioneiros em relação a projetos de código aberto voltados a usuários finais. Outros projetos famosos, como o GCC, ou o Linux, foram voltados principalmente a desenvolvedores. O soft GIMP foi a prova de que projetos de código aberto poderiam gerar produtos voltados a usuários finais, abrindo um precedente que levaria ao desenvolvimento de outros projetos voltados ao usuário desktop como GNOME, KDE, Mozilla entre outros.
O projeto foi criado em 1995 por Spencer Kimball e Peter Mattis, quando desenvolveram o mesmo como um projeto para a faculdade. Atualmente, ele é mantido por um grupo de voluntários, licenciado sob a GNU General Public License e colaboradores pelo mundo todo.
A sigla GIMP originalmente significava General Image Manipulation Program; em 1997, foi mudado para GNU Image Manipulation Program.
O GIMP possui os recursos para ser utilizado na criação ou manipulação de imagens e fotografias. Seu uso posibilita criar gráficos, logotipos, redimensionar fotos, alterar cores, combinar imagens utilizando camadas (Layers), remover partes indesejadas e converter arquivos entre diferentes formatos de imagem digital.
O GIMP é uma alternativa livre ao Adobe Photoshop. É um soft desenvolvido a partir de um projeto que amadureceu e hoje alcança expressiva popularidade. No entanto, a participação no mercado de ferramentas de edição profissional ainda é tímida (em contraste ao Adobe Photoshop).
Os principais fatores que contribuem para isso são:
  • O GIMP ainda não possui suporte nativo ao modo CMYK, usado como formato para impressão. Isso limita a área de atuação do programa no setor gráfico profissional, tornando-o indicado apenas para trabalhos digitais que utilizam apenas o modo RGB.
  • Pelo fato de ser distribuído gratuitamente, ele não inclui licenças para as cores Pantone, usadas largamente pelos profissionais gráficos como referência para garantir precisão de cor em materiais impressos.
  • Multi janelas, cada imagem e as caixas de ferramentas abertas ficam em uma janela independente causando um certo transtorno, principalmente para os iniciantes.
Multi janelas era o problema mais relatado por usuários iniciantes do GIMP ou em comparações com o Adobe Photoshop. A solução veio com a versão do GIMP 2.8 que passou a ter a opção de single-window mode, que pode ser habilitada no menu "Janelas - “Mode de janela única”, tornando o GIMP mais fácil de usar.
O GIMP usa a extensão XCF para seus arquivos nativos, que conta com suporte a camadas. Mas edita todos os formatos populares com SVG, Ico, BMP, PSD, GIF, JPG, PNG, TIF e diversos outros.
Você encontra facilmente na internet para download o GIMP 2.6 e GIMP 2.8 para a plataforma LINUX e Microsoft Windows, OS/2 e Mac OS X. Bom uso!!!
(A imagem desse post foi produzida em oficina de GIMP do NTE Ananindeua). 

NÃO USE PIRATA USE SOFT LIVRE!!!

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

DIVULGAÇÃO

-->
Contra Cultura 
no Século XXI
 com Dodô Azevedo.

Você se interessa pelo tema? Nunca ouviu falar? Quer conhecer?
O escritor, jornalista, cineasta, músico, professor e DJ Dodô Azevedo- que estará em Belém para fazer um vídeo sobre o Círio- falará sobre multimídia e contracultura, em evento que ocorrerá na no dia 11/10, no Centro de Convenções da UFPA.
-->
Serviço: Contra-Cultura no Século XXI
Data: 11/10/12
Local: Centro de Convenções da UFPA (hangarzinho)
Horário: 09:30 às 12:00 e 14:00 às 18:00h.
ENTRADA FRANCA!!!




terça-feira, 9 de outubro de 2012



É com muita alegria e satisfação que encerramos mais uma oficina do Ciclo de Oficinas do NTE Ananindeua. Desta vez, alunos da E.E.E.F.M Dilma Cattete participaram do 26 ao dia 28 de setembro da Oficina de Fotografia, Ministrada pelo nosso Professor Marco Buro. Como resultado foi produzido um vídeo com fotografias dos alunos.
Na arte o lúdico é tão importante quanto a técnica e foi no ambiente da escola e com muita alegria e riso que foram produzidas belas fotos que serão entregue juntamente com os certificados a Direção da escolas e aos alunos. Fica aqui a nossa tristeza pela não participação dos professores e do corpo técnico da escola.

Para darmos continuidade a essa atividade, deve ser marcada uma Oficina de Editoração de Imagem – GIMP. Essa oficina ainda sem data marcada deve ser realizada o breve possível para aproveitarmos a motivação dos alunos e do nosso formador.

 NTE - ANANINDEUA



 
Em um momento de popularização da imagem (gravura, gráfico e fotografia) nas redes sociais, percebe-se que o uso inadequado ou ilegal tornou-se regra. Muitos nem sabem que a simples ação de entrar no Google e buscar uma imagem ou uma fotografia, para ilustrar um texto se configura em um crime de apropriação indébita de propriedade intelectual ou de direito autoral.
No caso da fotografia é necessário se fazer uma pergunta: porque alunos e professores não produzem as fotos que utilizam nas atividades da escola? Perceber-se até mesmo, em materiais tradicionais da escola constituídos de texto e imagem, que não se busca produzir um material autoral. Por exemplo, no dia das mães, basta “pegar” no Google uma mensagem de texto e uma fotografia de uma linda mãe nórdica com seu lindo filho... Isto é quase um padrão. Nestes casos, antes mesmo do uso indébito do texto e da imagem se configura o uso inadequado e descontextualizado da realidade cultural Amazônica.
O ato indevido de buscar (roubar) no Google uma imagem estabelece os objetivos das nossas oficinas de fotografia. Mostrar que é possível nós produzirmos fotografia de qualidade no ambiente escolar; reconhecermos a fotografia como uma linguagem acessível e enfática de expressão e comunicação; e estabelecermos um diálogo estético, crítico e artístico do nosso cotidiano e da nossa realidade escolar.
MARCO BURO