sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Tablet do Professor- NTE Ananin aprovou...


Marco Buro com o Tablet do Professor

Em primeira mão – O Tablet do Professor
Hoje de manhã, em visita de trabalho, na CTAE – Coordenação de Tecnologia Aplicada à Educação tivemos o primeiro contato com o tablet do Professor. A Coordenadora da CTAE e do PROINFO Profª Marcelina nos apresentou o tablet que será distribuído no próximo ano para os professores da rede pública de ensino por todo Brasil.
O uso de tablet na rede pública de ensino vai começar pelos professores do ensino médio. A partir do segundo semestre, o Ministério da Educação (MEC) deve iniciar a distribuição dos equipamentos para 598.402 docentes.
 
Os primeiros da lista são os professores de escolas que já têm internet em alta velocidade (banda larga), que somam 58.700 unidades. A ideia é o computador portátil chegar a 62.230 escolas públicas urbanas.
Para o MEC, o programa tem mais chances de sucesso se o professor dominar o equipamento e o seu uso, antes de chegar ao aluno. “A inclusão digital tem que começar pelo professor. Se ele não avançar, dificilmente a pedagogia vai avançar”, disse o ministro Aloizio Mercadante. Cursos de capacitação presencial e à distância vão ser oferecidos ao professor, assim que o aparelho começar a ser distribuído.
Com o tablet, o professor poderá preparar as aulas, acessar a internet e consultar conteúdos disponíveis no equipamento - revistas pedagógicas, 60 livros de educadores, principais jornais do país e aulas de física, matemática, biologia e química da Khan Academy, organização não-governamental que distribui aulas on-line usadas em todo o mundo.
Para o ministro, a tecnologia do tablet, em que os comandos podem ser acionados por meio de toques na tela, é mais “amigável” para leitura e acesso à internet em comparação a outros computadores.
Com a novidade, Mercadante espera também tornar a sala de aula mais atrativa para os adolescentes. “O ensino médio é o grande nó da educação. Os indicadores não são bons e a evasão escolar é alta. A escola não está atrativa para o jovem. Esses equipamentos fazem parte do esforço para melhorar o ensino médio”, diz o ministro.
Apesar da chegada do tablet nas escolas, Mercadante garante que isso não significa o fim do programa Um Computador por Aluno (UCA), que distribui laptop aos estudantes.
Marco Aurelio
 (http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,primeiros-a-receber-tablets-serao-professores-anuncia-mec,830914,0.htm)



segunda-feira, 19 de novembro de 2012

CONCURSO CULTURAL



O Concurso Cultural Educonex@o 2012 – Participação Social convida grupos de alunos e seus professores a produzirem vídeos, de curtíssima duração, tendo como foco a participação do jovem na sociedade.
A ideia é que cada grupo desenvolva uma produção de audiovisual a partir do vídeo introdutório, disponível no site. Os vídeos enviados deverão estar relacionados com o tema.
A participação é gratuita, aberta a jovens estudantes com idades entre 14 e 19 anos, vinculados às instituições de ensino (escolas públicas ou privadas, ONGs, fundações, institutos). Devem ainda estar matriculados em escolas publicas ou privadas, no ano escolar de 2012. Cada grupo deve integrar até cinco alunos e um professor responsável.
Mais informações: neteducacao
Post: TC
Imagem: Web 
 A escola João XXIII em atividade no laboratório de informática. A atividade foi coordenada pelas professoras Irla e Auxiliadora.



Introdução à educação Digital na Escola Flaviano Gomes.
Iniciamos o curso no dia 12/11 e os professores estão com muita expectativa para desenvolver atividades com as crianças. É a inclusão digital na escola.